segunda-feira, 2 de novembro de 2015

o tempo vai, o tempo vem...

"...Essa moça tá diferente
Já não me conhece mais
Está pra lá de pra frente
Está me passando pra trás
Essa moça é a tal da janela
Que eu me cansei de cantar
E agora está só na dela
Botando só pra quebrar..."

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça parte da corrente, comente!