segunda-feira, 24 de novembro de 2014

O princípio da sabedoria é saber se questionar

Outro dia li um post de uma amiga, e minha cabeça quase fundiu.
Foram 50 perguntas... 
E eu morri de orgulho em muitas delas e de vergonha em muitas delas... como pode a gente continuar errando e sabendo dos erros que comete?
Bom, pelo menos tá rolando uma parada de consciência, que acho eu, é o primeiro passo para evoluir, mudar e reinventar o jeito de viver...
Se tiver coragem, vem comigo:
Estas perguntas não têm respostas certas ou erradas. Muitas vezes a pergunta certa é a melhor resposta.
  1. Quantos anos você teria se você não soubesse quantos anos você tem?
  2. O que é pior, falhar ou nunca tentar?
  3. Se a vida é tão curta, por que fazemos tantas coisas que não gostamos e gostamos de tantas coisas que não fazemos?
  4. Quando tudo já está dito e feito, será que você disse mais do que fez?
  5. Qual é a coisa que você mais gostaria de fazer para mudar o mundo?
  6. Se a felicidade fosse a moeda nacional, que tipo de trabalho o tornaria rico?
  7. Você está fazendo o que você acredita, ou você se contenta com o que está fazendo?
  8. Se a expectativa de vida humana média fosse de 40 anos, você viveria sua vida de forma diferente?
  9. Até que ponto você realmente controlou o curso da sua vida?
  10. Você está mais preocupado em fazer as coisas direito ou está fazendo as coisas certas?
  11. Você está almoçando com três pessoas que respeita e admira. Todos começam a criticar um amigo íntimo seu não sabendo que é seu amigo. A crítica é de mau gosto e injustificada. O que você faz?
  12. Se você pudesse oferecer a um recém-nascido só um conselho, qual seria?
  13. Será que você quebraria a lei para salvar uma pessoa amada?
  14. Você já viu insanidade onde depois viu criatividade?
  15. Pense em algo que você sabe  e que você faria diferente da maioria das pessoas?
  16. Como podem as coisas que fazem você feliz não fazerem todos felizes?
  17. Qual a coisa que você não fez e que você realmente quer fazer?  O que está prendendo você?
  18. Você está se apegando a algo que precisa deixar de ir?
  19. Se você tivesse que se mudar para um estado ou país além do que você vive no momento, para onde você iria e por quê?
  20. Você aperta o botão do elevador mais de uma vez? Você realmente acredita que isso fará o elevador chegar mais rápido?
  21. Você prefere ser um gênio preocupado ou uma pessoa simples e alegre?
  22. Por que você está onde está?
  23. Você é o tipo de amigo que quer como amigo?
  24. O que é pior, quando um bom amigo se afasta, ou perder o contato com um bom amigo que mora bem perto de você?
  25. Qual a coisa pela qual você é mais agradecido na vida?
  26. Você prefere perder todas suas velhas memórias ou nunca ser capaz de fazer novas amizades?
  27. Será que é possível saber a verdade sem desafiá-la primeiro?
  28. Alguma vez o seu maior medo se tornou realidade?
  29. Você se lembra daquela vez cinco anos atrás, quando você estava extremamente chateado? Será que aquilo realmente importa agora?
  30. Qual é a sua memória mais feliz infância? O que a torna tão especial?
  31. Em que momento no últimos tempos você se sentiu mais apaixonado e vivo?
  32. Se não for agora, então quando?
  33. Caso você não tenha conseguido ainda, o que você tem a perder?
  34. Alguma vez você já esteve com alguém , não disse nada, mas depois que se afastou sentiu que tinha tido a melhor conversa da sua vida?
  35. Por que as religiões que apoiam o amor causam tantas guerras?
  36. É possível saber, sem sombra de dúvida, o que é bom e o que é mau?
  37. Se você ganhar um milhão de dólares, você sairá do seu trabalho atual?
  38. Você prefere ter menos trabalho para fazer, ou mais trabalho que você realmente gosta de fazer?
  39. Você sente como se você tivesse vivido o dia de hoje cem vezes antes?
  40. Quando foi a última vez que você seguiu um caminho apenas com o brilho suave de uma ideia em que você acreditava fortemente?
  41. Se você soubesse que todos que você conhece morreriam amanhã, quem você visitaria hoje?
  42. Você estaria disposto a reduzir sua expectativa de vida em  10 anos para se tornar extremamente atraente ou famoso?
  43. Qual é a diferença entre estar vivo e realmente viver ?
  44. Quando é hora de parar de calcular riscos e recompensas, e ir em frente para conseguir o que se quer?
  45. Se aprendermos com os nossos erros, por que estamos sempre com medo de cometer um erro?
  46. O que você faria de forma diferente se soubesse que ninguém iria julgá-lo?
  47. Quando foi a última vez que você notou o som da sua própria respiração?
  48. O que você ama? Algum de suas ações recentes expressou abertamente esse amor?
  49. Em 5 anos a partir de agora, você vai se lembrar o que você fez ontem? E sobre o dia antes disso? Ou no dia anterior?
  50. As decisões estão sendo feitas agora. A pergunta é: Você está as tomando por si ou você está deixando que os outros as tomem por você?


Via Marc and Angel Hack Life
Traduzido e adaptado por Josie Conti
Do original  50 Questions That Will Free Your Mind

quinta-feira, 6 de novembro de 2014

Quando a fé ruge

Se é na sutileza,
Que reside a exuberância.
Busco ressonância,
...Nos ideais do amor.
Liquidificaram,
As relações da vida.
Não há mais-valia
A agonia atenuou.

Quem de pé ficará?
Se a luta acomodar
Diga quem nos dirá?
Quem viver, provará!

Nossa emancipação!
Nossa emancipação!

Parece que enferrujou,
A bala perdida que me alcança
A ferradura que me calça,
A alça, a lança tranca,
A resistência necessária

Oxidou,
A ponte, a fonte,
A chance de fundir o que rachou
E difundir pra gerações
A demanda do mundo é amar!

Quem de pé ficará?
Se a luta acomodar
Diga quem nos dirá?
Quem viver, provará!

Nossa emancipação!
Nossa emancipação!

Quando há ferrugem, no meu coração de lata!
Quando há ferrugem, no meu coração de lata!
É quando a fé ruge, e o meu coração dilata!
É quando a fé ruge, e o meu coração dilata!

Foto: Pinterest

quarta-feira, 5 de novembro de 2014

Contradição, sentimentos e fragmentos.

Peraí que hoje eu tô inspirada: "...quem não se perdeu ou não viveu contradição...?"
E pra gente pensar tb, que deu dessa história de vida pessoal, e vida profissional.. quem disse que tá errado ganhar dinheiro com hobby, juntar coisas que gostamos de fazer com a profissão?
Uma vida fragmentada não é uma vida completa.


"Tem horas que a gente se pergunta pq é que não se junta tudo numa coisa só"

segunda-feira, 3 de novembro de 2014

Qual é a sua substância?


"Pois todas as nossas misérias verdadeiras são íntimas e causadas por nós mesmos. Acreditamos erradamente que elas vêm de fora, mas formamo-las dentro de nós, da nossa própria substância".

Anatole France

E em contrapartida, toda a nossa felicidade também. A felicidade é um sentimento íntimo. Toda a nossa realização e bem-estar pode ser encontrada dentro de nós. 
E que essa seja a nossa própria substância!

Breves inspirações para a vida inteira

Somos co-responsáveis pela nossa aprendizagem.
O que VOCÊ faz da SUA vida?
Como transformar um ciclo em espiral?
Aprender empreendendo.
Você é a mudança.
Pra cada ação... reação.
E um novo aprendizado.
Forma e conteúdo = intérpretes.
Recontando notícias.
Ressignificando.
Não existe erro na arte.
Learning from mistakes.
Problem + passion + make mistakes =
Happy surprises.
Experiência não se transfere, se adquire.
O único poder que você tem é o de fazer escolhas.
Use-o à vontade.
A vida não deve ser medida em  meses e anos.
A vida deve ser medida em minutos e segundos.
Ser comum é ser livre e dependente.
Não somos especiais.
Comum tem relação com comunidade.
Não devemos negar o sistema.
Devemos adentrar o sistema com generosidade e coragem para subverter.
Criar uma matriz de novos valores.
Pensar e não compensar.
Cada decisão vem com um pacote de prazeres e problemas.
Ame suas decisões.
Tempo.
Se não houver amanhã, você foi feliz hoje?
Não tenha medo de morrer.
Tenha medo de não ter vivido.
No simples é onde tudo começa.
Quando achamos que já sabemos de tudo perdemos o interesse...
Mantenha um olhar de criança para as coisas.
Aproveite a linguagem teatral que acontece dentro de você.
O mais importante são os espaços vazios entre uma coisa e outra.
É onde o cérebro se movimenta, Recria e interpreta.
Pensa. completa e exercita.
Educação para outros futuros possíveis.
Buscar ir além.
Aquilo que a gente não sabe que não sabe.
Vá até a beirada do seu conhecimento.


Inspirado no TEDxUnisinos - 01/11/2014