segunda-feira, 3 de junho de 2013

Quero ser importante!

Nós somos o único animal que é mortal. Todos os outros animais são imortais. Embora todos morram, nós somos os únicos que, além de morrer, sabe que vai morrer. [...] Você e eu sabemos que vamos morrer. [...] O que me importa é o que eu faço da minha vida enquanto a minha morte não acontece, para que não seja uma vida banal, superficial, futil, pequena. Nesta hora eu preciso ser capaz de fazer falta. [..] Há uma diferença entre ser famoso e importante. Muita gente não é famosa e é absolutamente importante. Importar: quando alguém me leva pra dentro. Importa. Me porta para dentro. Ele me carrega. Eu quero ser importante. [...] Preciso me repartir!

Achei essa entrevista espetacular....
Perguntar-se profundamente...


É, ninguém disse que é fácil. Mas tb, ninguém disse que é impossível!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça parte da corrente, comente!