quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

Até Quando?

Arte: Marcelo Costa
Não adianta olhar pro céu
Com muita fé e pouca luta
Levanta aí que você tem muito protesto pra fazer
E muita greve, você pode, você deve, pode crer
Não adianta olhar pro chão
Virar a cara pra não ver
Se liga aí que te botaram numa cruz e só porque Jesus
Sofreu não quer dizer que você tenha que sofrer!
Até quando você vai ficar usando rédea?!
Rindo da própria tragédia
Até quando você vai ficar usando rédea?!
Pobre, rico ou classe média
Até quando você vai levar cascudo mudo?
Muda, muda essa postura
Até quando você vai ficando mudo?
muda que o medo é um modo de fazer censura
Até quando você vai levando? (Porrada! Porrada!!)
Até quando vai ficar sem fazer nada?
Até quando você vai levando? (Porrada! Porrada!!)
Até quando vai ser saco de pancada?
Você tenta ser feliz, não vê que é deprimente
O seu filho sem escola, seu velho tá sem dente
Cê tenta ser contente e não vê que é revoltante
Você tá sem emprego e a sua filha tá gestante
Você se faz de surdo, não vê que é absurdo
Você que é inocente foi preso em flagrante!
É tudo flagrante! É tudo flagrante!!
A polícia
Matou o estudante
Falou que era bandido
Chamou de traficante!
A justiça
Prendeu o pé-rapado
Soltou o deputado
E absolveu os PMs de Vigário!
A polícia só existe pra manter você na lei
Lei do silêncio, lei do mais fraco
Ou aceita ser um saco de pancada ou vai pro saco
A programação existe pra manter você na frente
Na frente da TV, que é pra te entreter
Que é pra você não ver que o programado é você!
Acordo, não tenho trabalho, procuro trabalho, quero trabalhar
O cara me pede o diploma, não tenho diploma, não pude estudar
E querem que eu seja educado, que eu ande arrumado, que eu saiba falar
Aquilo que o mundo me pede não é o que o mundo me dá
Consigo um emprego, começa o emprego, me mato de tanto ralar
Acordo bem cedo, não tenho sossego nem tempo pra raciocinar
Não peço arrego, mas onde que eu chego se eu fico no mesmo lugar?
Brinquedo que o filho me pede, não tenho dinheiro pra dar!
Escola! Esmola!
Favela, cadeia!
Sem terra, enterra!
Sem renda, se renda! Não! Não!!
Muda que quando a gente muda o mundo muda com a gente
A gente muda o mundo na mudança da mente
E quando a mente muda a gente anda pra frente
E quando a gente manda ninguém manda na gente!
Na mudança de atitude não há mal que não se mude nem doença sem cura
Na mudança de postura a gente fica mais seguro
Na mudança do presente a gente molda o futuro!
Até quando você vai ficar levando porrada,
até quando vai ficar sem fazer nada



Gabriel O Pensador

sábado, 11 de fevereiro de 2012

As coisas simples da vida nem sempre são simples...

Quando vc diz que gosta das coisas simples da vida,
certamente não se dá conta que existe uma simplicidade diferente
de acordo com as coisas que você pode comprar,
de acordo com a grana que você tem ou não tem...
Tumblr_lm145ngxez1qismfwo1_400_large
Créditos: we heart it

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

Macarrãozinho bacana


 Oiee pessoas queridas!

Bueno, nesse final de semana fizemos a dieta do macarrão... que de dieta não tem nada!!! hahahaha...
Essa semana vamos ter que dar um jeito de queimar essas calorias.... #adoro ;P
Pessoal, pra mim, cozinhar é uma das formas mais deliciosas de materializar nossa criatividade. Quer coisa mais boa do que transformar as coisas, do que ter prazer em experimentar sabores, aromas? Eu adoro.. acho inspirador. Confesso que se passar de duas ou três pessoas eu já não me garanto, mas pratos mais caseiros, para duas pessoas, hummm, aí eu capricho!
Do saldo do final de semana apresento para vocês um macarrãozinho bem bacana:

ESPAGUETE AO MOLHO DE LINGUICINHA

Ingredientes:

- uma cebola pequena
- dois dentes de alho
- meio pimentão sem sementes
- molho de tomate
- temperos a gosto (eu uso sempre manjericão, orégano e pimenta do reino)
- espaguete (de acordo com o número de pessoas que vc vai servir)
- um pacote de linguicinha defumada

Modo de preparo do molho:
  1. Bata a cebola, alho, pimentão, o molho de tomate e as linguicinhas cortadas ao meio (só para facilitar) com os temperos no liquidificador.
  2. Dica: eu gosto de colocar no liquidificador no modo "Pulsar", que tritura mas deixa em pedacinhos menores, sabe? Não gosto quando fica um creme, tem que ter uma textura...
  3. Coloque numa panela para refogar em fogo baixo, e mexa de vez em quando.
  4. Para o preparo do espaguete - coloque água para ferver, tempere com sal e um fiozinho de azeite. Escorra assim que achar que está bom, afinal, varia de acordo com o gosto de cada um.. eu não gosto de massa al dente, pra mim parece crua...
  5. Seja generoso(a) na hora de misturar o molho e "buon appetito"!!! :)
Servi o meu com duas folhinhas de rúcula, azeite de oliva e uma polvilhada festiva de orégano.
Para beber, Absinto Ice...hehehehehe, pq, como diz o chef Ramsay - apresentação é tudo!

Crédito: Mel Danda

Variação: Você pode preparar o molho vermelho no liquidificador e as linguicinhas em rodelas,  refogadas, que também é bem gostoso.
Da maneira que preparei hoje, no liquidificador, senti que o molho ficou mais leve...
Você escolhe como prefere e depois me conta como ficou, ok?!

Beijo

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

Relações humanas: COLABORE

...tem gente que complica, mas o segredo é a colaboração.

O grande lance é o seguinte: nasci numa época que não existia celular, a internet era coisa de ficção científica e para conseguir aquelas músicas que a gente mais gostava, tinha que gravar numa fita cassete, direto do rádio. No colégio, era cada um por si... Na Igreja, todo mundo rezava de mão dada, fazia festa junto, mas na hora do "vamo vê"... sobrava um que outro. E eu fui vivendo, enfrentando cada obstáculo, cada etapa, e sempre aprendendo... Aprendendo o que fazer e muito do que NÃO fazer.
Até que eu cheguei nos anos 2000, o mundo não acabou, eu fui pra faculdade, enfrentei aquela palhaçada de alguns colegas que acreditavam que a concorrência já começava na sala de aula. Fui indo, fui indo, conquistei pessoas para a vida toda, vivi experiências ótimas. Entrei para o mercado de trabalho e percebi que as pessoas que me ajudaram, até as que me ajudaram minimamente, em coisas muito pequenas, hoje são pessoas melhores! Fizeram de mim uma pessoa melhor.
E vivendo isso, sempre acreditei que a colaboração nos leva mais longe.Acrescenta para todo mundo que estiver envolvido, em qualquer coisa!
Então pense bem, esse lance de "é meu e ninguém tasca" tem limite. O limite é a saúde, o conforto, a alegria de viver, de conviver...
Aqueles "chefes" que não passam as coisas pq tem medo que tomem seu lugar estão errados. Estão perdendo.
Então, se você tem um projeto em mãos, saiba que você tem conhecimentos específicos, e é de quem você menos espera uma contribuição, é daí que vem a criatividade, a diferença, a qualidade e muito mais.
Compartilhe, multiplique, divida, saiba que a colaboração vem de todos os lados e é você quem vai se beneficiar dela.

Fique atento às oportunidades.
Hoje você pede colaboração, amanhã é você quem colabora, e todo mundo cresce junto.
E todo mundo ganha!

16843_399754250012_904165012_10488120_6889548_n_large
Crédito: we heart it