quarta-feira, 24 de junho de 2009

Previsão do Tempo


Sou pingo de chuva
Insistindo em correr
Não há para-brisa
Pra me parar de chover

Sou rajada de brisa
que insiste em passar
E não existe fogo
Que possa me consumir

Vou sempre ventar...

Sou brilho de estrela
na estrada
Só brilha no escuro
Pra vista privilegiada

Mel Danda

"...a poesia prevalece..."

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça parte da corrente, comente!